Arquivo da categoria: GameCube

Sobre personagens trans em jogos, nem sempre dá para ter certeza se eles são de fato trans, mas dá para fazer uma lista de alguns que podem ser. No caso, apenas de jogos da Nintendo:

  • Flea (Chrono Trigger). É um personagem masculino com aparência de feminino, o que até confunde membros de sua equipe. Ele é dono de uma frase icônica: Homem… mulher… qual é a diferença? Poder é belo, e eu tenho o poder!”.
  • Magypsies (Mother 3). São personagens com corpos masculinos e barba, mas que se comportam e se vestem como personagens femininos. Alec os descreve como não sendo nem homens nem mulheres.
  • Vivian (Paper Mario: The Thousand-Year Door). No texto original em japonês, as referências a ela, narrativamente e por outros personagens, são feitas usando termos masculinos, mas ela utiliza pronomes femininos ao referir-se a si mesma; já na tradução para o inglês, ela é tratada apenas com pronomes femininos.
  • Guilo (Baten Kaitos Origins). É considerado como transgênero por muitos, pois recebeu os poderes de um feiticeiro de uma feiticeira. Além disso, conta com aparência feminina e fala com voz masculina e feminina.
  • Leucos (Glory of Heracles). Esse é bem ambíguo se é ou não transgênero, pois os demais personagens fazem confusão se devem tratá-lo como um garoto ou como uma garota. Eventualmente, e isto pode ser considerado um SPOILER por alguns, o jogo revela que Leucos é uma garota que foi criada como um garoto porque o seu pai assim quis. Mas nada é confirmado em relação ao personagem ser transgênero de fato.
  • Gracie e Saharah (Animal Crossing). São personagens que se vestem como personagens femininas, mas que são descritas como do gênero masculino. Ao menos no Japão, pois tiveram seu gênero alterado nos jogos da franquia Animal Crossing em que elas aparecem. No Japão, são apresentadas como do gênero masculino, mas, no Ocidente, como do gênero feminino.

Alguns personagens citados podem não ser de fato trans, mas são os que aparentam ser — uns mais, outros, menos.

super_mario_bros_2_-_birdo

Pedra
3DSAnimal CrossingChrono TriggerEarthboundGameCubeSNES

Sim, é possível jogar offline… até porque na época que o jogo foi lançado, não era tão comum jogar online (ainda mais com o GameCube, que precisava um adaptador separado para isso) e então os desenvolvedores tinham que incluir uma forma offline de se jogar também. Então dá para jogar sim, e até mesmo dá para jogar com outras pessoas localmente. Agora, se é legal ou não jogar assim… vai do seu gosto. Como é um jogo que foi feito principalmente para se jogar online, não há tanto ênfase na história, então jogar sozinho pode acabar se tornando um pouco monótono. Mas há quem goste de jogar mesmo assim, porque gosta de treinar seus personagens, explorar o mundo, batalhar com os inimigos, etc. Já que você já tem o jogo, não custa experimentar ele um pouco  e ver se você o acha divertido mesmo sem jogar online.

Pedra
GameCube

Olá, leitor de bom gosto. XD Para jogar multiplayer, sim, é necessário ter os game boy advance. O GameCube tem outras boas opções de jogos multijogador, como o clássico Super Smash Bros. Melee, que até hoje tem presença garantida na EVO, maior torneio de jogos de luta do mundo. Há quatro games da série Mario Party para o cubo, sendo o 5 minha indicação pessoal. Mario Kart: Double Dash!! também é diversão garantida e até obrigatório ter no console. TimeSplitters 2 é um ótimo FPS e Mario Power Tennis é diversão descompromissada. Há outros, mas esses já devem garantir muito tempo de jogatina. ;)

Pedra
GameCubeMario

Maléfica? Só quanto o Alfacinho aparece. ¬¬ Esses três jogos que você citou são muito bons e você pode escolher qualquer deles para começar, mas eu tenho especial preferência pelos jogos da MINHA série, então eu iria de Wind Waker.  XD Depois, um joguinho do bigodudo cairia bem, e Super Mario Sunshine é um desses jogos tão bons que sempre nos lamentamos por não haver o 2 — ainda há esperança XD. Metroid Prime não é nada ruim também, muito pelo contrário.

Além deles, não esqueça de outros dois jogos da MINHA franquia: o Four Swords Adventures, que dá para jogar cooperativamente (apesar de ser meio complicado hoje em dia), e o maravilhoso Twilight Princess (com Alfacinho canhoto). Dentre os meus favoritos, ainda recomendo Luigi’s Mansion, Mario Party 5, Paper Mario: The Thousand-Year Door, Mario Kart Double Dash!! e Super Smash Bros. Melee. Tem mais, mas com essas indicações você vai se entreter por muito tempo.

Como é que esse Alfacinho é o protagonista e EU não? ¬¬
Como é que esse Alfacinho é o protagonista e EU não? ¬¬
Pedra
A MINHA série (The Legend of Zelda)GameCube

Os dois consoles são muito bons, independentemente do seu sucesso comercial ou não. A melhor escolha, por mais clichê que seja dizer isto, depende dos jogos que você quer jogar. Acho que pelo N64 ser mais antigo, talvez valha mais a pena comprá-lo primeiro. Procure um que esteja em um bom estado, não tenha pressa nem compre necessariamente o mais barato. Quanto aos jogos, você terá que garimpar bastante para achar todos os que quer, e ainda mais para encontrá-los em um preço acessível.

Para N64, claro que os melhores jogos são os da MINHA série: The Legend of Zelda: Ocarina of Time e Legend of Zelda: Majora’s Mask. Há outros bons também: Super Mario 64, Golden Eye 007,  Super Smash Bros., Mario Kart 64,  Donkey Kong 64,  Paper Mario, Mario Party, Diddy Kong Racing, Pokemon Stadium e mais.

Se você optar pelo GameCube, saiba que os melhores jogos, naturalmente, também são os da MINHA série: The Legend of Zelda: The Wind Waker The Legend of Zelda: Twilight Princess.  Outras boas pedidas são: Super Smash Bros. Melee, Metroid Prime, Super Mario Sunshine, F Zero GX, Pikmin 1 e 2, Animal Crossing, Paper Mario: The Thousand-Year Door e outros.

Pedra
A MINHA série (The Legend of Zelda)GameCubeNintendo 64

Sim, é isso mesmo, o primeiro jogo da série Chibi-Robo, originalmente lançado no GameCube, ganhou um relançamento dentro da coletânewa New Play Control do Wii, mas apenas na região japonesa. Sim, o Wii tem trava de região, então se o seu console é americano, infelizmente você não vai conseguir jogar esta versão do jogo. A sua única opção seria conseguir a versão americana do jogo original de GameCube, e jogar no Wii usando a retrocompatibilidade.

Pedra
GameCubeWii

Na verdade, o jogo GoldenEye: Rogue Agent, que foi o desenvolvido pela EA e lançado em 2004, não tem absolutamente nada a ver com o GoldenEye original, nem o filme, nem o jogo. No caso de Rogue Agent, esse nome vem do protagonista do jogo, que perdeu um dos olhos e recebeu um implante eletrônico na cor dourada. Aliás, a própria EA afirmou que esse é um jogo não canônico na história do 007. Mas tá na cara que foi uma tentativa forçada de se aproveitar do nome do jogo clássico do N64 desenvolvido pela Rare, né? E uma tentativa que não deu nada certo, já que Rogue Agent teve uma recepção bem ruim.

Pedra
GameCube