Arquivo da categoria: Creepypasta

Creepypasta: Void Player (Parte I)

Void Player

Amigo leitor, você conhece o Void Player? Se você leu a MINHA coluna de Halloween, no ano passado, você deve ter visto a primeira parte dessa creepypasta que eu publiquei, baseado em rumores e fofocas que tenho encontrado pela internet. E se por acaso você deixou passar (o que eu duvido, porque quem é que iria deixar de ler a coluna mais importante do N-Blast – e de toda a internet?!?), aqui está o texto novamente. E sugiro que vocês relembrem (ou passem a conhecer) a história, porque como havia prometido pra vocês, eu continuei investigando sobre o assunto, e descobri mais coisas sinistras! Publicarei a continuação da creepypasta na coluna desta sexta-feira, então fiquem atentos!

Ah, e mais um detalhe importante: como este é um assunto que certamente vocês tem muito a opinar, os comentários estarão habilitados excepcionalmente nos posts relacionados a esta creepypasta (podendo inclusive comentarem anonimamente), então aproveitem para dizerem tudo o que quiserem sobre o assunto usando o formulário no fim do post!

Continue lendo

A creepypasta de “hhidaka” em Super Smash Bros. Melee é interessante, mas no fim das contas não é lá muito original. Assim como 95% das creepypastas sobre jogos, a história fala sobre uma cópia misteriosa do jogo, comprada de segunda mão. Neste caso, o jogo é Super Smash Bros. Melee, para o GameCube e o conteúdo bizarro que ele traz é um personagem extra escondido, chamado “hhidaka“, que só foi descoberto pelo dono porque este começou a vasculhar os arquivos do disco com a intenção de hackeá-lo. Como você pode imaginar, coisas medonhas estão associadas a este personagem oculto, como o número “666” e a imagem de uma mulher japonesa assassinada. O jogador acaba descobrindo o método para desbloquear hhidaka (derrotar 4 vezes seguidas a Peach com cor roxa usando o Ganondorf, sem levar dano… caso queira tentar xD), mas ao fazer isso um vídeo da mulher japonesa é mostrado, com uma faca no olho e, no fim, morta por um tiro. Textos aparecem dizendo ao jogador que descobrir aquilo foi um erro dele e, no fim, descobre-se (através da tradução de um bilhete em japonês que estava com o jogo) que Hidaka havia sido um serial killer japonês executado na mesma época em que o jogador encontro a cópia amaldiçoada de Super Smash Bros. Melee. Mas a história termina sem nada terrível acontecendo ao jogador, então pelo visto a maldição do Hidaka não era tão horrível assim xD

Para terminar, já que você pediu pra eu não colocar nenhuma imagem que fosse te assustar, ao invés disso vou colocar uma imagem para alegrar o seu dia: vários alfacinhos sendo atacados por cuccos! =D

Impossível não amar essas galinhas exterminadoras de alfacinhos...
Impossível não amar essas galinhas exterminadoras de alfacinhos…
Pedra
Creepypasta

Sim, a história do Tommy Boy – a.k.a. “O Flygon Brilhante” – é, de fato, uma Creepypasta sobre Pokémon. Na verdade a história original está em espanhol e ela é comprida demais pra eu traduzi-la na íntegra.

Mas, resumindo, fala de duas irmãs fãs de Pokémon. Um dia a irmã mais velha empresta o seu GBA com Pokémon Emerald para a mais nova e esta acaba encontrando e capturando um shiny Trapinch, a quem dá o nome de “Tommy Boy”. A mais velha fica super feliz com isso e logo pega o jogo para treinar o novo Pokémon, mas logo se surpreende ao perceber que o Trapinch não obedece nenhuma de suas ordens. Mais estranho ainda, ele obedece a irmã mais nova sem nenhum problema. Assim, a mais nova se encarrega de treinar o Tommy Boy até ele se tornar um Flygon. Este, entretanto, continua obedecendo apenas à irmã mais nova, chegando ao ponto de até mostrar uma mensagem de que “Tommy Boy quer a sua mamãe” quando a irmã mais nova tenta dar ordens. Com o passar do tempo, a irmã mais nova fica obcecada em treinar o Tommy Boy- mesmo depois de atingir o nível 100 – ficando até doente devido a isso. Ao ver a situação, a irmã mais nova tenta mandar o Tommy Boy embora. A princípio ele se recusa, mas depois de algumas tentativas acaba obedecendo e se vai do jogo. Tudo parece voltar ao normal até que a irmã mais nova ganha um DS novinho com o jogo Pokémon HeartGold. Como você já deve estar deduzindo, o Tommy Boy acaba aparecendo por lá também e a história se repete. O que se sucede é uma série de tentativas da irmã mais velha se desfazer do Tommy Boy, chegando ao ponto de destruir o cartucho. Naturalmente, Tommy Boy acaba aparecendo novamente, causa a morte da irmã mais velha, a irmã mais nova descobre que se trata de uma entidade demoníaca e morre também.

Pra falar a verdade, não é tão assustador assim e está longe de ser uma das melhores Creepypastas sobre Pokémon.

Em todo caso, se o seu espanhol for melhor que o seu inglês, segue o vídeo original (é a primeira de 3 partes, mas as outras 2 estão na sequência):

Pedra
Creepypasta