Arquivo da categoria: Game Boy Advance

Não, na verdade os Power Shots só estiveram presentes em Mario Power Tennis (GC) e Mario Tennis Power Tour (GBA). Em Mario Tennis Open (3DS) eles foram substituídos por “chance shots” que também são raquetadas mais poderosas, mas para executá-las você deve esperar um círculo especial aparecer no chão e apertar o botão correto nesse local. Em Mario Tennis: Ulra Smash (Wii U) eles continuaram com algo parecido, com o nome de “ultra smash“, que também precisam ser executados no lugar certo no momento certo, mas neste caso resulta em um smash ultra poderoso. Pelo pouco que vimos do novo jogo da série para o Switch, Mario Tennis Aces, parece que eles vão seguir com essa linha, ao invés dos Power Shots. Só que desta vez os smash são tão fortes que podem até quebrar a raquete do adversário! xD

Em todo caso, uma das novidades mais promissoras para o novo jogo é o modo história, coisa que até então só tínhamos visto no GBA.
Pedra
3DSGame Boy AdvanceGameCubeMarioNintendo SwitchWii U

Há dois jogos da série F-Zero para o GBA: o Maximum Velocity, que foi lançado em 2001, junto com o portátil e o GP Legend, lançado em 2004 (bom, isso sem contar o Climax, que foi lançado apenas no Japão, também em 2004). Sim, ambos os jogos são ótimos jogos de corrida (o Maximum Velocity especialmente) e quem gosta do F-Zero original com certeza vai gostar deles também.

fzmvpackshot_us

f-zero_gp_legend_packshot

Pedra
F-ZeroGame Boy Advance

Uau, difícil opinar, porque são escolhas bem diferentes. Bom, o GBA seria uma escolha mais “retrô”, mais se você for tipo colecionador e apreciador de consoles antigos. Sem dúvida é um ótimo item para se ter na coleção, mas por outro lado você dependerá de encontrar jogos antigos à venda, que pode ser difícil, ainda mais no Brasil. Já o 3DS é um console atual, com jogos que ainda estão sendo lançados, e ainda com a facilidade de usar a eShop para comprar muitos dos jogos que já não são encontrados de forma física. Então depende muito do seu perfil.

Quanto às diferenças entre o New 3DS XL e o 3DS XL, as principais são os controles adicionais (o modelo New tem um segundo analógico e dois botões R e L), um melhor efeito 3D e um maior poder de processamento. Por enquanto só existe um único jogo que é exclusivo ao New 3DS e esse é o Xenoblade Chronicles 3D. Contudo, outros jogos funcionam melhor no novo modelo, como por exemplo Majora’s Mask 3D e Hyrule Warriors Legends. Se você não tem problema em gastar um pouco mais para comprar o modelo New, vale a pena investir… mas se não puder (ou se não achar um à venda por um preço decente), você não estará perdendo muita coisa se optar pelo modelo antigo.

Por fim, sim, tanto o “old” 3DS quanto o New 3DS foram lançados na região Americana e ambos possuem a opção de idioma em português do Brasil. Além disso, ambos podem acessar a eShop brasileira.

Pedra
3DSGame Boy Advance

Bom, como você deve saber, o nunca lançado Earthbound 64 acabou se tornando o Mother 3, do GBA e, na verdade, dizem que pouca coisa mudou de uma versão para outra – além das óbvias alterações gráficas, é claro. Mas, de fato, dizem que a versão original do jogo era mais sombria, especialmente o final. Isto quem disse foi o próprio criador da série, o tio Shigesato Itoi. Contudo, ele se conteve a dizer a apenas isso, de que a primeira idealização dele era a de um jogo com um final mais sombrio. Como ele não disse mais nada além disso, tudo o demais é fruto de especulações, fofocas e também de algumas teorias baseadas em sprites não usados, encontrados escondidos no jogo. Essas teorias de como seria o final variam bastante, desde a morte de vários dos personagens principais até outras mais extremas como o Claus ou o próprio Lucas se tornando maus. A verdadeira resposta, contudo, está apenas na cabeça do tio Itoi…

E pra quem não conhece, ou não se lembra, deixo aqui o trailer pré-histórico de Earthbound 64. Preparem-se para ficar impressionados com os “belíssimos” gráficos! xD

Pedra
EarthboundGame Boy AdvanceNintendo 64

Em Super Mario Advance 2, no qual a Birdo ganhou voz, ela tem diversas frases, e cada “versão” dela – a normal, rosa, a vermelha e a verde – fala uma coisa diferente quando derrotada. Contudo, acho que isso que você disse se refere à versão vermelha, como pode ser visto no vídeo abaixo:

Realmente, dá mesmo para confundir com isso que você falou… mas fique tranquilo, ela não está falando nenhum palavrão e a frase real é:  “How could you?!?” (ou “como você pôde?!?”). Mas que é engraçado ouvir pensando na sua interpretação, isso é (e tenho certeza que muitos que não tinham pensado nisso agora vão passar a interpretar dessa forma também, só de zoeira xD)

Pedra
Game Boy AdvanceMario

Sim, Roy é filho de Eliwood, do primeiro Fire Emblem para o GBA. Na verdade, o Roy até aparece brevemente nesse jogo, mas não como personagem jogável, já que ainda era uma criança pequena. O jogo no qual ele é protagonista é Fire Emblem: Binding Blade, também para GBA, mas acontece que esse jogo foi lançado apenas no Japão, daí o fato do Roy não ser tão conhecido no ocidente. Ele também aparece em Fire Emblem: Awakening, mas apenas por meio de DLC.

Pedra
Fire EmblemGame Boy AdvanceSuper Smash Bros.

De fato, os jogos da série Donkey Kong Country ficaram um pouco confusos, mas é assim: depois de cada jogo da série, no SNES, foi lançado um Donkey Kong Land respectivo para o GB/GBC, havendo assim, três deles também, DK Land 1, 2 e 3. Estes jogos não são ports, mas sim “continuações” de cada jogo do SNES, usando os mesmos personagens e inimigos, mas com fases e histórias diferentes.

Depois, foi lançado um port do Donkey Kong Country 1, também para o GBC. Aí sim é o mesmo jogo que o do SNES, com algumas diferenças no conteúdo, claro, para que ele pudesse rodar no portátil.

Apenas o primeiro jogo da trilogia foi portado para o GBC, mas os três também ganharam ports para o GBA. Nestes casos, por serem ports, também são exatamente os mesmos jogos que os originais em termos de história e das fases originais, mas nestes foram adicionados novos conteúdos, como modos extras e até um mundo novo, no caso de DKC3.

Quanto ao avestruz, não se sabe bem porque, ao ser incluído no minigame de DKC 2 para o GBA, ele foi nomeado de Expresso II e não é mais o Expresso original. Como você disse, isso pode tanto querer dizer que o Expresso original morreu ou que seja um filho dele. Ou então que não tenha nenhuma relação com o anterior, fora o mesmo nome. xD Mas nunca houve uma explicação oficial sobre isso, então só resta especular mesmo.

Pedra
Donkey KongGame BoyGame Boy AdvanceSNES