Arquivo da categoria: Game Boy

The Legend of Zelda: Alfacinho’s Awakening não é um jogo muito comum e o preço dele reflete um pouco nisso. Não é dos mais caros em termos de jogos antigos, mas dificilmente você achará uma fita americana dele por 65 reais. Mesmo comprando no eBay, não achará nesse preço, contando com o frete. Acho que se você elevar o seu orçamento para 100 reais, pode conseguir o jogo sem problema. Os melhores locais são os grupos no facebook específicos para jogos antigos. Você pode criar um tópico demonstrando o seu interesse nesse jogo e quanto está disposto a pagar.

awakening

Pedra
A MINHA série (The Legend of Zelda)Game Boy

Não é estranho vocês estarem comprando o Game Boy antigo atualmente… pelo contrário, é muito legal que vocês tenham a oportunidade de ter um vídeo game tão clássico da Nintendo e tenho certeza que muita gente gostaria de poder tê-los também.

Quanto ao Link Cable, se o seu Game Boy Classic é o modelo original mesmo, o primeiro, o tijolão, então a entrada do Link Cable de ambos é diferente. A entrada do Link Cable do Game Boy Color – assim como o do Game Boy Pocket – é menor do que a do modelo original. Contudo, é apenas o tamanho que é diferente e, fora isso, eles são compatíveis, sim. Por isso, existem alguns cabos “híbridos” que possuem os dois tipos de conectores e funcionam para ambos.

Pedra
Game Boy

De fato, os jogos da série Donkey Kong Country ficaram um pouco confusos, mas é assim: depois de cada jogo da série, no SNES, foi lançado um Donkey Kong Land respectivo para o GB/GBC, havendo assim, três deles também, DK Land 1, 2 e 3. Estes jogos não são ports, mas sim “continuações” de cada jogo do SNES, usando os mesmos personagens e inimigos, mas com fases e histórias diferentes.

Depois, foi lançado um port do Donkey Kong Country 1, também para o GBC. Aí sim é o mesmo jogo que o do SNES, com algumas diferenças no conteúdo, claro, para que ele pudesse rodar no portátil.

Apenas o primeiro jogo da trilogia foi portado para o GBC, mas os três também ganharam ports para o GBA. Nestes casos, por serem ports, também são exatamente os mesmos jogos que os originais em termos de história e das fases originais, mas nestes foram adicionados novos conteúdos, como modos extras e até um mundo novo, no caso de DKC3.

Quanto ao avestruz, não se sabe bem porque, ao ser incluído no minigame de DKC 2 para o GBA, ele foi nomeado de Expresso II e não é mais o Expresso original. Como você disse, isso pode tanto querer dizer que o Expresso original morreu ou que seja um filho dele. Ou então que não tenha nenhuma relação com o anterior, fora o mesmo nome. xD Mas nunca houve uma explicação oficial sobre isso, então só resta especular mesmo.

Pedra
Donkey KongGame BoyGame Boy AdvanceSNES

Realmente, já vi mais de um projeto desse tipo. E a coisa é bastante complexa. Não é simplesmente um emulador que foi enfiado lá dentro para ser exibido dentro do Minecraft, senão que as imagens do jogo estão sendo geradas nativamente pelo jogo, usando mapas customizados. O método para se fazer isso é bastante complicado e requer alguns conhecimentos de programação e de como o Minecraft em si funciona, então não vou me estender muito nos detalhes. Mas se quiser (e souber inglês), você pode ver uma explicação resumida nesta página.

Sem dúvida é impressionante o que as pessoas conseguem fazer… mas convenhamos que isso vale mais pela curiosidade mesmo, porque realmente jogar um jogo inteiro dessa forma parece estar longe de ser algo muito agradável de se fazer. xD

Pedra
Game BoyMinecraft

Não, infelizmente todo o conteúdo de Mario Tennis do GBC que só podia ser desbloqueado conectando com a versão de N64 ficou de fora da versão do Virtual Console do 3DS. É uma pena, eles bem que poderiam ter deixado esse conteúdo disponível, já que não há nenhuma forma de simular a conexão com o N64 e assim os personagens e modos adicionais ficam totalmente inacessíveis…

Pedra
3DSGame BoyMarioVirtual Console

Não, a versão DX de Alfacinho’s Awakening tem alguns extras a mais, fora as cores, sendo as principais a inclusão de um novo dungeon, chamado Color Dungeon, que só funciona quando jogado no Game Boy Color e a inclusão de uma nova side quest onde um fotógrafo pode ser encontrado em diferentes lugares, para tirar fotos engraçadas do Alfacinho. Estas fotos ainda podiam ser impressas usando o infame Game Boy Printer.

Uma das fotos que eu mais gosto, hehe
Uma das fotos que eu mais gosto, hehe

Quanto à loja virtual do Wii, o Wii Shop Channel, sim ainda está funcionando, apesar de outros serviços online do console terem sido descontinuados.

Pedra
A MINHA série (The Legend of Zelda)Game BoyWii

Isso é porque as músicas originais desse jogo realmente tem esse efeito de eco. Isso é chamado de “reverberation”, ou simplesmente “reverb” e era uma técnica bastante usada nas trilhas sonoras de jogos mais antigos – como de NES e Game Boy – quando a tecnologia da época ainda não permitia sons muito sofisticados. O vídeo abaixo mostra exatamente como funciona esse efeito, usando uma música do jogo Ducktales (NES) como exemplo:

Pedra
Game BoyPokémon

Sim, lembro. O jogo Aerostar era um shooter legal dentre as opções do Game Boy, mas no gênero em geral ele não tinha muito de inovador ou chamativo e por isso acabou não fazendo muito sucesso. Ele foi desenvolvido e publicado pela empresa que então era chamada Vic Tokai e que na época desenvolveu vários jogos, embora nenhum muito conhecido. Atualmente a empresa ainda existe, mas ela abandonou o mercado de games para focar no mercado de telecomunicações e hoje é conhecida como Tokai Communication Inc. Por esse motivo, podemos imaginar que as chances desse jogo ser relançado no Virtual Console são praticamente nulas.

Não, isso não é a Lua, são os gráficos do Game Boy original! xD
Não, isso não é a Lua, são os gráficos do Game Boy original! xD

Quanto aos jogos de Dragon Quest, praticamente todos são localizados para a região americana, o que acontece é que eles sempre são lançados primeiro no Japão. Um dos mais recentes, por exemplo, que é o remake de Dragon Quest VIII por enquanto só foi lançado no Japão, mas a previsão é de que a versão americana chegue ainda este ano. Mas outros anteriores, como Dragon Quest IX (DS), existe em inglês também. Eles são ótimos jogos e valem muito a pena, sim, desde que você goste do estilo JRPG bem tradicional: inimigos randômicos, batalhas por turnos, ambientação medieval… se você gosta disso, os jogos da série Dragon Quest são um prato cheio.

Pedra
Dragon QuestGame Boy